Aquele Lugar



Me vejo por fora tentando me encontrar
Na velha caverna cinzenta
Escura
Fria
Morta...

Não me conheço mais
Não sei onde me perdi
Não sei o que eu fazia
Não lembro quem eu era
Sinto saudade do que não lembro
Sinto muita falta de coisas que nem sei se vivi
Ah... falta de ontem, falta de mim mesmo
Falta de ontem, onde fiquei.
Fiquei longe de mim
Longe de tudo, agora.

Patrick Pinheiro
23/01/2015


Créditos da imagem: Cartoonist4eternity

Epílogo



Na nuance cinza da tristeza
Entre o tédio e a melancolia,
Sútil diferença entre o vazio
Da alma e o espirito
E algo a mais que se estendia
Dia após dia...

Saudades de tempos que nunca existiram
Desmancham-se na memoria
Como uma distante nebulosa
Que no fim ficou rosa.

Ah nuance...
Nunca consegui perceber
Se estive vivo
Ou se apenas existi.

Patrick Pinheiro
04/08/14




Not In Love

   

O meu raio de luz virou sombra
As minhas flores vermelhas murcharam
- Derretem e escorrem como sangue.

Não entendo mais do que falo
Nada mais faz sentido
E não estou apaixonado

Não importa mais o que é certo
Não importa o que é errado
Quando não te quero mais perto
Quando não te quero ao meu lado.

Frio como o fim da vida,
O meu coração dorme...
E as flores sempre morrem.

Patrick Pinheiro
09/02/2014

Garotos da Lua


O que te faz feliz?
Faz feliz aos demais?
Eu quero saber...

O que é o “Certo”?
É o que deixa todo mundo feliz?
Eu quero saber...
Se fazer o certo realmente faz todo mundo feliz?

Quem são os seus amigos?
Que tipo de pessoas eles são?
Eu quero saber...
Eles te consideram um amigo?

Sua face verdadeira...
Qual é?
Eu quero saber...
Qual a face por detrás da máscara?

Inspirado em The Legend of Zelda: Majora's Mask


Patrick Pinheiro
05/01/14